Nenhum produto coincide com esta seleção.

Moedores

Para os apreciadores do Café Especial, além da qualidade do grão, existem acessórios essenciais para obter o máximo de frescor no preparo. Ter um moedor de café é sinônimo de vantagens, seja pela qualidade, durabilidade e praticidade do produto, ou por proporcionar uma experiência em que características aromáticas e gustativas do fruto são preservadas.

Os moedores de café podem ser encontrados em diversos modelos, cores e formatos. Existem duas categorias principais de moedores: os manuais e os elétricos. O moedor de café manual, não utiliza energia elétrica e necessita apenas da força humana para realizar todo o processo.

Além de ser uma opção mais tradicional, ele cria uma atmosfera especial, pois antes de o café ser preparado o ambiente é tomado pelo aroma dos grãos que são moídos ao girar de uma manivela. O moedor automático é mais ágil e proporciona uma moagem mais uniforme.

É possível, em muitos deles, definir a granulometria do pó final. De acordo com o sistema de lâminas, os moedores automáticos se dividem em duas categorias:

Moinho de metal: são os mais acessíveis da categoria elétricos, porém, as lâminas esquentam (o que pode interferir na extração) e trituram o grão de tamanhos diferentes.

Lâminas de cerâmica (ou Burr): apresentam dezenas de regulagens de granulometria, o que o aproxima de modelos profissionais. O resultado é um café moído de forma homogênea e precisa.

Uma das maiores vantagens de comprar um moedor de café é obter o máximo do sabor e aroma na hora do preparo. Após ser moído, o café passa por um processo de perda gradativa de suas propriedades, desde o aroma até o sabor em si. Por isso, é indicado a moagem na hora do preparo.

Existem muitos métodos para a extração do café, como o coador de papel ou pano, cafeteira italiana, prensa francesa, aeropress, Hario V60, Chemex e cafeteira espresso, cada um desses equipamentos faz a extração do café de uma forma, o que resulta em sabores e características diferentes.

Para obter o melhor sabor e fazer a extração com sucesso, cada método exige que o pó tenha determinada espessura (ou granulometria). Por exemplo, para a prensa francesa, o ideal é utilizar uma moagem mais grossa, enquanto para o café expresso ela deve ser bem fina.

Portanto, para garantir uma experiência completa, respeitar as indicações de cada método para temperatura da água, tempo de infusão, quantidade e granulometria do grão, são de extrema importância. Com um moedor e balança em mãos, você estará mais que preparado para extrair o melhor de cada método.

Para garantir o melhor resultado na xícara, é necessária a atenção aos outros detalhes que fazem toda a diferença no preparo. Aqui você poderá encontrar Moedores Elétricos e Moedores Manuais, cafés de qualidade e vários métodos para experimentar!